Segundo dados da PM paulistana, nos três primeiros meses de 2017, foram registrados 288 acidentes envolvendo motos nas marginais Pinheiros e Tietê. Este índice representa aumento de 67% na comparação com o mesmo período de 2016.

 

CAUTELA COM A VELOCIDADE

Agentes da Companhia de Engenharia de Tráfego (CET) registraram 117 acidentes com vítimas nas marginais de São Paulo no segundo mês após o aumento do limite das velocidades nas vias, efetivado no dia 25 de janeiro deste ano. O limite de velocidade nas marginais saltou de 70 km/h, 60 km/h e 50 km/h para 90 km/h, 70 km/h e 60 km/h, respectivamente.

O balanço de acidentes nas Marginais realizado pela CET foi divulgado no começo de abril e abrange o período de 24 de fevereiro a 26 de março. A maioria das ocorrências envolveu motociclistas: 93 acidentes (ou 79% do total). No período, dois pilotos morreram. A média mensal de acidentes com vítimas nas marginais em 2016 foi de 64 ocorrências.

Controlar a velocidade parece ser uma das coisas mais difíceis para os motociclistas, pois a sensação de velocidade libera adrenalina e proporciona prazer a muitas pessoas. Mas é preciso ter bom senso, consciência, responsabilidade e um grande amor pela vida para não se deixar seduzir por ela. Além disso, o tempo efetivamente ganho rodando em velocidade mais elevada não compensa os riscos.

Motociclistas, fiquem atentos!

Nada é tão urgente que justifique colocar a sua vida e a de outras pessoas em risco. Prudência sempre!