O frio, como todo motociclista sabe, é um inimigo para a moto. A manutenção bem-feita garante que o veículo mantenha o bom desempenho em épocas de grande variação térmica, como o inverno. Confira nossas dicas e mantenha o prazer de pilotar mesmo nos dias gelados.

Aqueça os motores

Aqueça o motor da sua moto por, pelo menos, três a cinco minutos antes de partir. Como a temperatura ambiente é baixa, todos os fluidos também estão frios, até mesmo o combustível, que poderá estar frio e dificultar a partida da moto. Outros fluidos, como o fluido de freio e o óleo da suspensão, também precisam ser “aquecidos” até atingirem a temperatura ideal de funcionamento.

Sistema elétrico

O sistema elétrico deve estar em boas condições de funcionamento, pois nesta situação será mais exigido. Dispositivos eletrônicos se encarregam de adaptar a ignição e a mistura de ar e gasolina para encarar os primeiros quilômetros a frio sem engasgos e soluços.

Aqueça também os pneus

Vale lembrar que os pneus também precisam ser aquecidos para oferecerem a aderência necessária. Isso leva alguns minutos.

 Equipe sua moto contra o frio

É possível incrementar sua moto com alguns acessórios. Em modelos naked, a bolha é uma grande aliada contra as baixas temperaturas. Nas motos trails, os protetores de mão dão um visual legal à moto e ainda desviam os ventos da mão. Em modelos mais sofisticados, existe a possibilidade de instalar aquecedores de manopla, assento e até mesmo de pé, no caso das motos com pedaleiras plataforma.

E se nada for feito?

O que acontece se você ligar um motor gelado e sair acelerando feito um maluco? Bem, um motor frio dificilmente vai quebrar se acelerado a fundo. Mas, se esse for um padrão de utilização, todo dia essa mesma tortura, há grande chance de ele durar bem menos do que um motor aquecido cuidadosamente.

 

O tempo esfriou? Não vacile! Tome os cuidados e curta o inverno em alta velocidade.