Você conhece bem a biela? Sabe qual a função que desempenha essa peça na sua moto? Se você quiser aprender um pouco mais sobre o funcionamento das peças que constituem a sua moto e qual o papel que exercem no mecanismo que faz a coisa toda movimentar, então você veio ao lugar certo. Na série “Peças de motos: como funcionam?”, a Controlflex regularmente explica com mais detalhes a atuação das peças de motos.

Neste capítulo, vamos observar com um pouco mais de atenção o envolvimento da biela na operação que faz o motor da moto funcionar.

A biela é uma peça que se encaixa diretamente no pistão. Se você lembra para que serve o pistão, ótimo! Se não, tudo bem, a gente explica. O pistão é aquela peça que entra em contato com a explosão do combustível na câmara de combustão, que faz parte do cilindro. Essa energia resultante da explosão empurra o pistão para baixo, e consequentemente transmite o movimento para a biela, ligada ao virabrequim.

O movimento da biela é constante, pois suas extremidades estão conectadas de modo a permitir que o pistão não pare de transmitir força ao resto do conjunto. A parte superior da biela está acoplada ao pistão, enquanto que a parte inferior está unida ao virabrequim, realizando o movimento circular.

O virabrequim, por sua vez, em seu movimento rotatório, permite transmitir a pulsão às rodas da motocicleta. Coisa linda, não?

O processo de fabricação varia, mas no caso das bielas da marca Vini, fornos automáticos de última geração são utilizados no processo de tratamento térmico, garantindo a espessura da camada de cementação, como também a dureza proveniente do processo de tempera e revenimento, aumentando o tempo de vida útil da biela.

Você já conhece as bielas da Vini? Não deixe de conferir o nosso catálogo e conheça as bielas que estão disponíveis para o seu modelo.