As peças que compõe o motor são um mistério para muita gente. Motociclistas podem passar anos sem conhecer os detalhes de peças fundamentais para o funcionamento do motor, como as válvulas ou os discos de embreagem. Muitos, aliás, sequer sabem para que serve um pistão. Outros jamais ouviram falar de um balancim.

É natural até que o serviço de manutenção seja terceirizado por muitos motociclistas que não desejam perder tempo com problemas da moto. O motociclista simplesmente leva a moto a uma oficina mecânica e espera retirá-la nova em folha. No entanto, é bem possível que as maiores causas dos problemas que são ocasionados na motocicleta sejam resultado do desconhecimento do próprio piloto, que ignora as boas práticas de condução e manutenção das peças de motos.

Com o objetivo de esclarecer as diferentes funções das peças que existem em uma motocicleta e contribuir para o aprendizado do motociclista sobre a sua própria moto, a Controlflex promove artigos em seu blog pela série “Peças de motos: Como funcionam?”, a fim de explicar melhor o funcionamento das peças que constituem o universo motociclístico. Para esse artigo, vamos nos aprofundar mais na participação que o balancim tem dentro do motor.

O balancim é a peça responsável pela transmissão do movimento do eixo de comando em direção às válvulas de admissão e de escape. De um lado, o balancim tem contato com o tucho (uma pequena peça que auxilia a árvore de comando) e do outro lado está acoplada às válvulas de admissão e escape.

A peça, ao ser acionada pelo ressalto do eixo de comando, abaixa um de seus lados, permitindo que a válvula seja aberta de modo a deixar entrar a mistura entre ar e combustível. Esse movimento ocorre tanto para a válvula de admissão quanto para a válvula de escape. Esse deslocamento é apoiado por uma mola que força o retorno das válvulas para a posição inicial. As molas precisam possuir resistência para suportar as rotações elevadas do motor, considerando que o processo ocorre a velocidades extremas e por manterem o contato constante com os balancins.

Balancins são desenvolvidos a partir de materiais e especificações recomendados pelos padrões de engenharia mundial, com aços de liga de alta qualidade que garantem a resistência e longa vida em trabalho. Essas especificações são acordadas pelas principais marcas de motos, de modo a evitar desgaste prematuro, ruídos e quebra. Dependendo de sua fabricação, são utilizadas tecnologias da camada de cromo, tornando a superfície convexa cromada a fim de aumentar a vida útil do produto.